Fura-bolo

( rucasouza )


Um tico-tico no meu fubá
Mulher mais louca de um Brasil
“Meteste do dedo na cobertura?
Ah, vai pra puta que te pariu!”

Pega cerveja pinta amarelo
O dedo torto te diz “vem dançar”
O preto velho calça meu chinelo
A puta gira grita a bailar

“Bate macumba”, canta a chapeleira
Minha guitarra grita “aleluia”
E contam coisa da mulher rendeira
Por esses lados nunca vi tão luia

Pega o gato pula sete velas
e no embalado dorme seu nenem
dizem que falam contam um bucado
dessa mania de gostar de alguém